Árvore ornamental brasileira de flores grandes e vistosas, essa espécie produz frutos semelhantes a abacates, só que de casca muito dura. É difícil encontrá-los ainda fechados no chão: eles se abrem ainda no pé, nos galhos mais altos, estourando a casca depois de muitos dias de exposição ao sol. Assim, maduros, estão prontos para serem fuçados pelos passarinhos que, como o vento, são os responsáveis pela dispersão das sementes. De beija-flores a periquitos e maritacas, é grande o número de aves que recheia seus ninhoscom paina - uma maneira muito confortável de manter os ovos aquecidos e protegidos de umidade.
×